• Planilha Ideal - Redação

Planejando a reforma do seu imóvel

Atualizado: Fev 13

Quando pensamos em reformar um imóvel, seja ele um apartamento, uma casa, um escritório, um consultório ou mesmo uma sala comercial, surgem muitas dúvidas em como começar esse processo. Essa é uma tarefa trabalhosa, porém muito gratificante quando é finalizada de acordo com o que foi planejado. Para isso, é importante ter todo controle em uma planilha.

O primeiro passo para iniciar a reforma é contratar um arquiteto ou designer para fazer o projeto. Faça uma pesquisa, com pelo menos três fornecedores, para verificar qual deles apresenta o melhor custo benefício e segurança para projetar a sua reforma. Com o projeto, é possível ver em uma escala menor o imóvel que será reformado para verificar a viabilidade e planejar as alterações estruturais, o revestimento, o piso, os armários planejados, a iluminação, pias, bancadas, entre outros itens. É importante obter, também, um projeto tridimensional, pois facilita a visualização dos itens reformados e garante mais segurança e satisfação após o seu término.

Após o projeto, inicia a fase mais importante desse processo: a escolha dos fornecedores e custos. É fundamental, com o projeto em mãos, que seja feito um orçamento de todos os itens que serão reformados. É claro que você não conseguirá estabelecer todos os custos antes de iniciar a obra, porém já terá uma noção dos valores e se planejar para possíveis surpresas que possam aparecer nesse processo. Com um valor aproximado dos custos da obra, é possível planejar e evitar que a obra seja paralisada por falta de recursos.

Visto que os custos da obra estão dentro do previsto com folga, em função do que pode ocorrer fora do orçamento, agora é o momento de contratar os profissionais qualificados.É possível optar por uma empresa que realiza a obra por empreitada ou você mesmo contratar todos os profissionais separadamente. Essa última opção, geralmente, é a mais barata, porém tende a ser mais trabalhosa porque você deve controlar toda a equipe. Já a empresa que realiza a obra por empreitada, é mais custosa, mas não há preocupação quanto ao trabalho realizado porque a responsabilidade é da empresa contratada. É preciso ter o controle em uma planilha!


Definidos os profissionais, a obra inicia com a demolição dos itens antigos do imóvel, tais como: revestimento, piso, parede, luminária, e outros. Nessa etapa, evite acumular todo o material demolido em um único ponto e prefira espalhar os sacos de resíduos em diversos locais dentro do apartamento, a fim de evitar danos na sua estrutura. No caso de residência, essa preocupação não é tão necessária. O descarte dos entulhos deve ser realizado em locais adequados e apropriados. Para isso, faz-se necessário a contratação de caçambas. Em alguns programas de recuperação ambiental, esse entulho pode ser reaproveitado e reciclado. Nunca jogue o entulho na calçada do vizinho ou em local inapropriado, pois, além da multa que corre risco, você pode estar poluindo o meio ambiente.

Feito isso, a reforma começa com a ajuda de um eletricista para definir os novos pontos de tomada e iluminação. É nessa fase que são previstas as passagens de tubulação seca, que são os conduítes para os novos pontos de tomada e iluminação, que serão interligados e levados ao quadro de distribuição.

Depois do eletricista, avalie com um bombeiro as alterações para os novos pontos hidráulicos, como instalação de pontos de água, chuveiro e outros por meio de um encanador. O encanador e o eletricista são fundamentais para definir esses pontos de água e tomada antes de iniciar a colocação dos revestimentos e acabamentos. Nessas mudanças vão surgir os chamados “rasgos” na parede que posteriormente deverão ser fechados por um pedreiro.


Com os pontos de iluminação definidos nos conduítes, inicia a construção do forro de gesso. O gesso são placas sustentadas por uma infraestrutura de alumínio que dão todo o charme para o seu imóvel. O gesseiro prepara todos os detalhes da iluminação, as tabicas, aberturas das sancas e o cortineiro.

A instalação de bancadas de mármores, granito, que são as mais usadas, vem logo em seguida. É aconselhada que as pias e bancadas sejam instaladas diretamente nas paredes para se obter mais segurança. Normalmente, essas bancadas e pias demoram para serem confeccionadas porque é um trabalho manual, que exige muito cuidado para que fique perfeito. Depois vem a primeira demão de pintura, os revestimentos e a colocação do piso. É fundamental nivelar o piso antes de inserir o novo.

Com o fim da instalação do gesso e a primeira demão de tinta, começa a instalação das luminárias com o eletricista e é feita uma segunda demão de tinta. Após essa fase, é necessário limpar a obra e começar os serviços de marcenaria e móveis planejados. Esse é o momento em que a obra está limpa e pronta para receber os móveis planejados e todos os itens para você usar no seu imóvel.

Após a entrega da obra, lembre-se de mudar a fechadura da porta por questões de segurança, uma vez que a chave, geralmente, passa na mão de muitas pessoas. Uma reforma exige muitas atividades para fazer, mas ao final tudo vale a pena com profissionais sérios e materiais de qualidade.

Se você pretende fazer a reforma de sua casa ou apartamento, temos uma planilha ideal para você!

#reforma #apartamento #planilhadeplanejamentoestrategico #planejamentofinanceiro #planejamentodegastos #planejamentodedespesas

4,867 visualizações