• Planilha Ideal - Redação

Como cuidar do seu dinheiro?

Atualizado: Fev 13


Cuidar do dinheiro é importante. Sabe por quê? Para não depender financeiramente de ninguém para viver; para não depender de caridade; para não ter que trabalhar após a aposentadoria para conseguir se manter, e finalmente, para não ter que trabalhar, ou seja, para poder viver apenas do rendimento de seu dinheiro. Isso se chama independência financeira. Nossas planilhas de planejamento e planilhas de controle financeiro podem te ajudar nessa empreitada.

Para você poder manter um padrão de vida após sua aposentadoria é preciso se planejar. Quanto mais jovem você inicia os investimentos, melhor. Os juros compostos trabalham por você. Por outro lado, se você começar a investir muito tarde, maior terá que ser o montante investido para se ter o mesmo padrão. Para poder investir, é preciso que sobre dinheiro no seu rendimento mensal, por isso, é preciso controlar os gastos.

O primeiro passo é controlar os gastos, e desperdícios, assim, atenção ás contas com débitos automáticos e contas automáticas de cartão de crédito.

Segundo, é tomar cuidado com as armadilhas das promoções e liquidações. Elas ativam o subconsciente, por isso é preciso saber separar o que é necessidade e o que é vontade. Você realmente está necessitando daquilo que irá comprar "em promoção"? O mesmo vale para nossas planilhas, ok? Adquira aquela planilha que você realmente vê que terá utilidade para você, e se ela estiver em promoção, melhor ainda! :)

Outra fonte de gastos desnecessários vem das frustrações. Para evitar frustrações de filhos, amigos, acaba-se comprometendo um dinheiro não previsto. É preciso manter a razão e evitar que a emoção domine suas atitudes. Para os casais: Problemas financeiros são uma das principais fontes de separação. Por isso, o casal precisa ter uma boa relação com o dinheiro. Esse é um tema que deve ser discutido abertamente entre o casal, porque questões financeiras mal esclarecidas geram brigas. Para isso, avalie o seguinte: quem paga o quê? Depois de uma conversa, estabeleça o padrão de vida de vocês, casais e veja o que cabe no bolso dos dois.

Quando se pega dinheiro emprestado ou fazer um financiamento, é preciso avaliar, além das taxas de juros, outras taxas, como tributos, tarifas, registro, seguro, etc. Compras parceladas são perigosas. Juntar dinheiro, negociar e comprar à vista é sempre o melhor caminho. Paga-se menos por algo, quando se comparado ao pagamento à prazo. Na maioria das vezes, essas compras parceladas vêm com juros, e juros altos.

Linhas de crédito. Pelas regras do Sistema Financeiro de Habitação, usar o FGTS para financiar o imóvel e reduzir o saldo devedor pode ser uma boa opção, pois é um investimento com remuneração muito baixa. A cada 12 meses ele pode ser novamente usado para reduzir o saldo devedor, basta ter saldo. Procure se informar sobre as regras e sobre o valor limite do imóvel.

A reserva de segurança é o que garante o seu patrimônio e sua tranquilidade. Por isso é preciso garanti-la. Esse dinheiro reserva precisa estar disponível para saque em momentos de emergência. Isso evita endividamento por empréstimos bancários, ou com agiotas, etc., se protegendo de juros altos.

Por isso, nossas planilhas de planejamento e planilhas de controle financeiro podem te ajudar. Adquira já a sua!



Fonte: Dicas ParMais - Youtube

#controlefinanceiropessoal #independenciafinanceira #despesaspessoais #planilhaspessoais #financaspessoais

135 visualizações