• Lygia Bueno Fragoso

Como orientar pais e professores nas alterações de fala da criança?

Atualizado: Fev 13


Lygia Bueno Fragoso é fonoaudióloga graduada na Universidade Federal de Minas Gerais com mestrado em bioengenharia na UFMG. Experiência em audiologia, linguagem infantil e adulto, voz e motricidade orofacial em consultório particular, atendimento domiciliar, APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família).



Fonoaudiologia: Orientações nas alterações de fala

Muitos pais e professores não sabem lidar com as alterações de fala no dia a dia das crianças. Há ocasiões que, mesmo o paciente estando em terapia com fonoaudiólogo, os pais e professores não são orientados sobre a maneira como lidar com essas dificuldades enfrentadas pelas crianças, o que impede obter bons resultados no tratamento das alterações de fala. Aqui vão algumas dicas para ajudar os pais e professores que lidam com crianças com alteração de fala:

  1. Repita corretamente as palavras para a criança não fixar a forma errada que pronunciou

  2. Articule bem as palavras faladas para que a criança visualize claramente os fonemas

  3. Evite criar constrangimentos em sala de aula ou chamar atenção para o problema da criança

  4. Preste atenção se a criança falta às aulas por problemas de audição, como frequentes dores de ouvido.

  5. Converse com o professor de educação física da criança para ver como está o desenvolvimento psicomotor, pois a fala também é um ato motor elaborado.

  6. Procure um fonoaudiólogo para obter uma avaliação adequada da fala e faça exames auditivos e oftalmológicos para verificar possíveis causas.​


Alguns hábitos simples também podem ajudar as crianças como:


  1. Respirar adequadamente pelo nariz e mantenha a boca fechada quando não estiver comendo e nem falando.

  2. Cuidar da saúde dos dentes!

  3. Mastigar os alimentos usando ora de um lado da boca, ora do outro lado.

  4. Treinar listas de palavras iniciadas com os sons que a criança tem dificuldade.

  5. Peça para alguém soletrar as palavras que a criança precisa treinar e depois ela deverá falar a palavra que formou em voz alta.

  6. Procure um fonoaudiólogo para tirar suas dúvidas.

O tratamento dessas alterações, geralmente, por fonoaudiólogos, envolve conhecimento de várias técnicas e de criatividade para a terapia ficar interativa e interessante para o paciente de modo que ele venha ter sucesso na terapia.



Veja também:

​​Como tratar as alterações na fala? O que é perda auditiva induzida por ruído? Veja 6 Passos para você fazer o Programa de Conservação Auditiva Fonoaudiologia: Como estimular o fonema /r/? Como gerenciar os exames audiométricos no PCA?

Gostou desse artigo? Assine e receba mais conteúdo sobre fonoaudiologia aumento de produtividade com planilhas setoriais.


Assine, receba conteúdo sobre fonoaudiologia, empreendedorismo e planilhas para pequenas empresas. Além disso, você ganha uma planilha de Controle Financeiro Pessoal gratuita!


#alteracoesdefala #terapia #fonoaudiologo #tratamento #fala

621 visualizações