• Lygia Bueno Fragoso

MANUAL DA PLANILHA DE FONOAUDIOLOGIA - TREINO DO ARQUIFONEMA R

Atualizado: Fev 13


Entendendo um pouco mais sobre o treino do arquifonema /R/

O treino de fonemas realizado por profissionais da área em pacientes que apresentam desvio fonológico é um desafio que envolve conhecimento na área e criatividade para obter resultado. Pensando nisso e na falta desse material específico por fonema, foi elaborada a planilha do arquifonema /R/. Nela as atividades são separadas em: bombardeamento auditivo, consciência fonológica, consciência sintática, atividades e leitura. O bombardeamento auditivo é fundamental no início e ao final da terapia e posteriormente pode ser usado para instalação do ponto articulatório ao usar as figuras e palavras. A consciência fonológica e sintática é um pré-requisito para aquisição da leitura e da escrita. Com essas habilidades trabalhadas, o paciente irá analisar não só o fonema que apresenta desvio isoladamente, mas também no contexto da palavra, frase e texto. As atividades lúdicas constituem maneiras diferentes de trabalhar o fonema alvo e por fim a leitura, que estimula a automatização, memória e compreensão do texto.

1.BOMBARDEAMENTO AUDITIVO

A técnica do bombardeamento auditivo consiste em fazer o paciente escutar as palavras com o fonema alvo no início ou no final da terapia.

Você pode usar frases também para fazer o bombardeamento auditivo.

2.CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA

As atividades que trabalham as habilidades da consciência fonológica são separadas por: palavra, sílaba, fonema e rima.

A atividade poderá ser impressa para ser trabalhada em terapia. Basta clicar em Arquivo e depois imprimir.

Na consciência das palavras você poderá pedir para preencher os quadrados com cada palavra para descobrir a frase que irá formar ou pedir para ele bater uma palma para cada palavra da frase.

Nessa atividade o paciente deverá marcar com um x ou dizer o número de palavras que existe na frase.

Nessa atividade o paciente irá escrever a palavra que será formada com as sílabas embaralhadas. Nesse caso a palavra formada é “DESPERTADOR”.

Nas atividades que trabalham a consciência das sílabas, o paciente irá identificar primeiro o número de sílabas que cada palavra apresenta escrevendo o número ao lado ou por meio de palmas.

Na segunda atividade, você irá dizer para o paciente que se você adicionar a sílaba “QUAR” na palavra “TEIRÃO” que palavra vai formar? E assim sucessivamente nas demais palavras.

Nessa atividade, você irá mostrar o quadro abaixo e pedir para o paciente escrever ou dizer a palavra que forma ao lado.

Fale separadamente as sílabas e peça para o paciente escrever ou dizer que palavra formou.


Na atividade abaixo, você irá dizer para o paciente: se eu retirar da palavra “MORCEGO” a parte “MOR” que palavra irá formar? O paciente deverá informar a palavra que irá formar com a retirada de parte dela.

Nas atividades que trabalham a consciência do fonema você irá trabalhar os sons das letras que constituem a língua materna.

A primeira atividade consiste em pronunciar o som de cada letra para o paciente descobrir que palavra irá formar e ele poderá dizer ou escrever essa palavra.

Nessa atividade você irá dizer a palavra e o paciente irá pronunciar o som de cada letra que compõe a palavra.

Na exclusão fonêmica você dirá a seguinte orientação para o paciente: Se tirar o som do “R” da palavra “PERMANECER” que palavra irá formar? O paciente pode dizer que irá formar a palavra “PEMANECER” ou escrever para o treino da escrita.

Nessa atividade você irá pedir para o paciente falar ou escrever a palavra de trás para frente. No caso da palavras “QUATORZE” a transposição vira “ZETORQUA”.

Na rima você irá pedir para o paciente dizer a palavra que não termina com som parecido, ou que não rima, das três palavras apresentadas. O paciente poderá dizer ou escrever.

Na sequência abaixo você irá dizer as duas palavras e o paciente deverá dizer a terceira que irá rimar.

3.CONSCIÊNCIA SINTÁTICA

Na consciência sintática você irá trabalhar a estrutura das frases e como os elementos se interligam para formar o texto.

Na atividade que trabalha o julgamento gramatical, o paciente deverá dizer apenas se a frase está certa ou errada. Não há necessidade de corrigir a frase.

Na atividade de correção gramatical, você irá ler a frase para o paciente e ele deverá dizer se está correto ou não, assim como fazer as devidas correções caso esteja errada.

Na categorização, você irá pedir para o paciente dizer ou selecionar entre as opções aquela que define a categoria da palavra em substantivo, adjetivo ou verbo.

4.ATIVIDADES

As atividades propostas são uma maneira lúdica de trabalhar o fonema alvo. A primeira atividade é a cruzadinha. O paciente deverá preencher os quadrados com as letras que irão formar a palavra correspondente ao desenho.

Na segunda atividade, o paciente deverá encontrar as palavras com o fonema alvo e depois dizer cada uma delas.

Na terceira atividade o paciente deverá descobrir qual a frase será formada com os desenhos e palavras.

5.LEITURA

A leitura consiste em atividades que podem ser lidas pelo paciente ou o pelo terapeuta para trabalhar o fonema alvo. Após é leitura o terapeuta irá fazer as perguntas relacionadas ao texto para o paciente responder ou escrever.

#manualdaplanilha #treinofonema #arquifonemar #planilhasdefonoaudiologia

2,594 visualizações